A Esquerda tenta separar Bolsonaro de Moro

0
451
A Esquerda

A esquerda joga sujo e anda desesperada na tentativa de se reerguer politicamente. Pois é a única chance deles sobreviverem. Os partidos, A esquerda,  que compõe a velha narrativa de amor e paz, apreço às minorias, tem jogado todas as cartas na mesa, no intuito de alcançar mais e mais adeptos.

Uma das jogadas do lulopetismo, é fazer a todo custo uma intriga entre as duas maiores personalidades do país na atualidade, ou seja, O presidente Bolsonaro e o ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro. A entrevista deixou a turminha do contra apavorada.
O fato demonstra a ligação de Bolsonaro, junto com  Moro e o avanço da economia, torna Bolsonaro um candidato imbatível já nas próximas eleições.  Tanto Bolsonaro quanto Sérgio Moro, precisam estarem atentos aos novos ataques da arruinada oposição.
Eles, A esquerda, farão de tudo para os dois se separarem, ou que briguem. O motivo é simples. Caso aconteça essa discórdia entre Bolsonaro e Moro, muitos seguidores de Bolsonaro poderão deixar de votar nele em 2022, consequentemente, dando chances a seus inimigos políticos.
Dessa forma, a única chance  A esquerda, é tentar separar Bolsonaro de Sérgio Moro. É um jogo sujo com gosto de caviar (pra eles…)  É exatamente isso que os secretários de segurança pública dos estados estão querendo fazer.

Moro comemora aumento na prisão de criminosos e acaba com o “mi, mi, mi” 

Após dias de boatos propagados pela mídia, sobre um suposto desgaste entre o presidente, Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, dessa vez ele, (Moro)  veio a público comemorar os resultados obtidos pela parceria eficaz entre eles.
Por fim, o ministro Sérgio Moro, deixou claro os boatos em torno de seu nome e do presidente, concernente a intrigas entre eles. A parceria está dando certo, e o que se percebe, é a ira da grande mídia esquerdista na narrativa de criar uma suposta separação política entre ambos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui