Alexandre de Moraes só persegue figuras da direita

0
583
alexandre de moraes

Alexandre de Moraes, ministro do STF, mandou a Polícia Federal, cumprir 29 mandados de busca e apreensão contra deputados federais, jornalistas, ativistas, empresário e até humoristas de direita e alinhados com o presidente Jair Bolsonaro.

O Inquérito das “Fake News” ou Inquérito da Censura, só mira, até agora, personalidades da direita brasileira. Por que o petista Alexandre de Moraes deixou de fora sites esquerdistas: Brasil 247, Carta Capital, Carta Maior, Conversa Fiada, Diário do Centro do Mundo, Jornal GGN, O Cafezinho, Opera Mundi, Pragmatismo Político, Revista Fórum, Tijolaço, Viomundo e etc.

 

Thaméa Danelon diz respeitar o STF, mas aponta que o Inquérito das “Fakes News” é completamente ilegal e inconstitucional pois viola o “Sistema Acusatório (juiz não pode investigar, apenas o MP e a Polícia)”.

A procuradora regional em Porto Alegre também afirma que o inquérito “ofende o Princípio da Livre Distribuição (o juiz q [sic], no futuro, julgará o caso, não pode ser escolhido, deve haver um livre sorteio entre os juízes).

Até agora, já foram alvo da perseguição o jornalista do Terça Livre, Allan dos Santos, os deputados estaduais Douglas Garcia e Gil Diniz, o deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RIO), os deputados federais Bia Kicis e Carla Zambelli, Daniel Silveira, Filipe Barros, Luiz Phillpe de Orleans e Bragança, empresário Luciano Hang, além do humorista Rey Bianchi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui