18.9 C
Brasília
22 de novembro de 2019
- Publicidade -

Chocolate, sorvete e salsicha colaboram com mortes precoces

Author

Categories

Share


Estudo da Universidade de Navarra acompanhou a alimentação de 19 mil pessoas durante uma década. Proporção dos que tiveram mortes prematuras é maior entre quem abusava da junk food

Todos já sabemos que a gordura trans é inimiga da saúde e está presente na maioria dos alimentos ultraprocessados à venda nas prateleiras dos supermercados. Também é fato conhecido que a comida industrializada leva na receita conservantes e edulcorantes, que também fazem mal ao corpo. A novidade agora é uma associação científica entre a ingestão desses alimentos e a ocorrência de mortes prematuras.

De acordo com informações divulgadas pela BBC, uma pesquisa realizada na Universidade de Navarra acompanhou 19.899 pessoas durante uma década, avaliando a dieta delas a cada dois anos. Durante o período, 335 indivíduos morreram. Para cada 10 mortes entre os que tinham uma dieta mais equilibrada, houve 16 no grupo que se empanturrava de junk food.

Paralelamente à conclusão de Navarra, um outro trabalho, da Universidade de Paris, acompanhou 105.159 mil pessoas durante cinco anos e avaliou a dieta delas duas vezes por ano. O estudo francês mostrou que os que comiam mais alimentos ultraprocessados apresentaram mais problemas cardíacos.

As taxas de doença cardiovascular foram de 277 por 100 mil indivíduos por ano, entre os que consumiram mais alimentos ultraprocessados, contra 242 por 100 mil entre aqueles que comeram menos alimentos desse tipo. “O rápido e crescente consumo mundial de alimentos ultraprocessados, em detrimento de alimentos menos processados, pode gerar um número maior de doenças cardiovasculares nas próximas décadas”, afirmou Mathilde Touvier, da Universidade de Paris, à BBC.

São considerados “alimentos ultraprocessados” os produtos que têm uma infinidade de ingredientes em sua composição, incluindo conservantes, edulcorantes ou intensificadores de cor. Em regra, considera-se que, se um produto contém mais de cinco ingredientes, provavelmente é ultraprocessado. Na lista de proibidões para a saúde nomeados pelas pesquisadoras entram alimentos como:

• carne processada, como salsichas e hambúrgueres;
• cereais matinais ou barras de cereal;
• sopas instantâneas;
• bebidas açucaradas;
• nuggets de frango;
• bolo;
• chocolate;
• sorvete;
• pão produzido em larga escala;
• refeições prontas, como tortas e pizza;
• shakes que substituem refeições.

Author

Share