18.9 C
Brasília
22 de novembro de 2019
- Publicidade -

Campanha “Tirem o PT do Altar” já é uma realidade

Author

Categories

Share



Fiéis católicos de Londrina, no norte do Paraná, produziram um outdoor pedindo por uma igreja sem partido. Com a seguinte mensagem: ‘tirem o PT do altar: por uma igreja sem partido‘, a foto da campanha viralizou nas redes sociais e a iniciativa tem recebido apoio de cristãos de todo país.

Quem tomou a atitude de produzir o outdoor na cidade foi o Movimento Brasil Católico. De acordo com eles, o alvo é o arcebispo de Londrina, suposto militante petista dentro da igreja católica.

O povo católico quer afastar a política e a politicagem de dentro da igreja.
O descontentamento pela proliferação do lulopetismo e do esquerdismo na igreja é generalizado e atingiu níveis inaceitáveis.
Há poucos dias, jovens católicos foram praticamente expulsos da Catedral da Sé, em São Paulo, por não concordarem com cartazes e faixas pedindo “Lula Livre”, afixadas dentro da igreja, por petistas travestidos de “fiéis”.

O movimento alega que o arcebispo tem usado o altar para convocar fiéis para pautas idealizadas pelo partido como, por exemplo, a manifestação contra a reforma da Previdência. Segundo os integrantes, eles são contrários a todos os partidos que queiram fazer política usando a igreja por seu benefício.

Quem tomou a atitude de produzir o outdoor na cidade foi o Movimento Brasil Católico. De acordo com eles, o alvo é o arcebispo de Londrina, suposto militante petista dentro da igreja católica.

No sábado (12), o sermão do arcebispo de Aparecida do Norte, Dom Orlando Brandes, também causou extrema indignação.
O arcebispo, possivelmente engajado nas causas da esquerda, despejou ódio contra a direita brasileira. Criticou o que chamou de “dragão do tradicionalismo” e disse que “a direita é violenta e injusta”.
Tais fatos instigaram ainda mais a campanha “Tirem o PT do Altar”.

Author

Share